Simule e contrate

g1


A realização de eventos está terminantemente proibida durante o período de vigência do novo decreto, que é de 30 dias. Faro, no Pará Cristino Martins/Agência Pará Está proibida a realização de eventos no município de Faro, no oeste do Pará. A restrição é válida para eventos públicos e privados pelo período de 30 dias, de acordo com o novo decreto que dispõe sobre medidas de enfrentamento à Covid-19. A permissão é apenas para eventos religiosos. Dentre as medidas descritas no decreto municipal n° 10/2022 publicado na quinta-feira (20), está o funcionamento de bares, clubes e estabelecimentos similares até às 00h, sendo permitida a utilização de apenas 50% da capacidade dos estabelecimentos com a obrigatoriedade do distanciamento de 1,5m e o uso de máscara. O decreto permite a utilização de quadras poliesportivas e ginásios, sendo restrita aos praticantes de esportes, mas proibida a presença de público. Campeonatos e demais torneios esportivos, também não podem ser realizados no município. Cultos e missas devem respeitar o limite máximo de 50% de ocupação dos templos e igrejas, desde que sejam respeitados o distanciamento de no mínimo 1,5m e o uso de máscara. Empresas que atuam no transporte de passageiros devem ocupar apenas 80% da capacidade total de veículos e embarcações, além da obrigatoriedade da apresentação da carteira de vacinação com a comprovação de, no mínimo, duas doses dos imunizantes anti-Covid ou dose única da vacina Janssen. Quem for flagrado descumprindo o decreto pode ser multado em até R$ 5 mil, e ainda sofrer penalidades como interdição do estabelecimento e a cassação do alvará de funcionamento. VÍDEOS: mais vistos do g1 Santarém e região

Motociclista e quem estava na garupa foram encaminhados ao Hospital PUC-Campinas. Ele foi preso por receptação. Moto ficou completamente destruída após acidente em Campinas Wagner Souza Um homem ficou ferido depois de perder o controle da moto que conduzia e bater em um poste na Avenida John Boyd Dunlop, no Jardim Nova Esperança, em Campinas (SP), na madrugada deste domingo (23). De acordo com a Polícia Militar, a motocicleta era roubada. Além do motociclista, o homem que estava na garupa do veículo também ficou ferido. O condutor alegou que foi fechado por um carro quando passava pela estação Nova Esperança do BRT, no sentido Centro. Os dois tiveram a perna direita fraturada e foram encaminhados ao Hospital PUC-Campinas. O motociclista alegou que comprou a moto por R$ 1,5 mil e foi preso por receptação. A ocorrência foi registrada na 2ª Delegacia Seccional da metrópole. VÍDEOS: saiba tudo sobre Campinas e Região Veja mais notícias da região no g1 Campinas

Segundo a PRF, vítima de 33 anos não respeitou placa de parada obrigatória e foi atingida por carro que seguia para acessar a BR-277. Vítima morreu na BR-277 após batida, em Cascavel PRF/Divulgação Um motociclista, de 33 anos, morreu após a moto que ele pilotava bater em um carro na BR-277, em Cascavel, no oeste do Paraná, na noite de sábado (22), segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Conforme a polícia, a vítima seguida pela marginal da rodovia e foi atingida pelo carro após desrespeitar a placa de parada obrigatória. A moto bateu de frente com o carro, que cruzava para acessar a via principal da BR-277, segundo a PRF. O motorista do carro fez o teste do bafômetro, que apontou resultado negativo para o consumo de álcool. O corpo foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Cascavel. VÍDEOS: Mais assistidos do g1 PR Veja mais notícias da região no g1 Norte e Noroeste.

Acidente aconteceu na noite desse sábado (22), na BR-158, em Três Lagoas. Victor Dantas morreu em acidente na BR-158, em MS Redes Sociais Um jovem de 23 anos morreu em acidente na noite desse sábado (22), na BR-158, em Três Lagoas, a 313 quilômetros de Campo Grande. Segundo informações do boletim de ocorrência, Victor Dantas Teixeira havia passado 24 horas trabalhando em um buffet, depois ingeriu bebida alcoólica e saiu com a moto. Quando seguia pela BR-158, houve a colisão com o carro. O motorista do automóvel contou à polícia que Victor invadiu a pista contrária, causando o acidente. O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer o rapaz, mas quando as equipes chegaram, ele já estava morto. Segundo informações do boletim de ocorrência, a versão do motorista coincide com análise preliminar da perícia da Polícia Civil e da Polícia Rodoviária Federal. O caso foi registrado como acidente com vítima fatal provocado pela própria vítima.

Causa foi um problema eletromecânico na Adutora 1 da Estação de Tratamento de Água do Jiqui. Conserto deve ser concluído na tarde deste domingo, segundo previsão da Caern. Abastecimento vai ficar suspenso Pedro França/Agência Senado Nove bairros de Natal estão com o abastecimento suspenso na manhã deste domingo (23). De acordo com a Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), a causa foi um problema eletromecânico na Adutora 1 da Estação de Tratamento de Água do Jiqui. Os bairros afetados são: Bom Pastor Candelária Capim Macio Cidade da Esperança Cidade Nova Felipe Camarão Nazaré Neópolis Nova Descoberta A Caern informou que começou a trabalhar para solucionar o problema e a previsão é que o conserto seja concluído na tarde deste domingo (23). Depois do abastecimento ser retomado, o órgão diz que ainda será necessário aguardar um prazo de até 48 horas para a completa normalização do funcionamento do sistema. Vídeos mais assistidos do g1 RN

Servidores denunciam que parte do pátio e a área ao redor da unidade de saúde estão cobertas de mato, o que pode influenciar no surgimento dos animais. Vídeo mostra jararaca morta após animal aparecer em uma unidade de saúde de Nazaré do TO O surgimento de serpentes na Unidade de Saúde Zilda Pereira de Oliveira, do município de Nazaré do Tocantins, região do Bico do Papagaio, tem assustado moradores e pacientes. Desde novembro, vários animais foram encontrados no pátio e dentro dos consultórios. Compartilhe essa notícia no WhatsApp Compartilhe essa notícia no Telegram A informação de moradores é que, em média, cerca de três jararacas aparecem por dia no local. Até o momento ninguém foi atacado, mas a comunidade teme os riscos. O g1 entrou em contato com a Prefeitura de Nazaré do Tocantins para saber quais ações serão tomadas para evitar o número de aparecimentos e acidentes com essas serpentes na Unidade Básica de Saúde e aguarda uma resposta. O biólogo, Márcio Trevisan, explica que a jararaca é um animal peçonhento que está envolvido na maioria dos casos de acidentes ofídicos no Brasil. "São serpentes que andam essencialmente pela noite, elas saem para explorar e caçar no final da tarde. É a espécie mais comum no Tocantins". Matagal invade unidade de saúde de Nazaré do Tocantins Reprodução O posto de saúde fica no bairro São Francisco, próximo a saída para o povoado Grota da Areia. Os moradores explicam que várias áreas da região estão cobertas por mato. Os funcionários da UBS relatam que o matagal está invadindo até a parte do pátio da unidade de saúde, deixando o espaço inutilizável. Quem vive na região aguarda pelo serviço de roçagem e reclama que o matagal pode facilitar o aparecimento dos animais. O biólogo explica que deixar o mato baixo deve ajudar a diminuir o número de aparições de serpentes. "O matagal pode influenciar no surgimento dessas serpentes, já que o ambiente possibilita que o animal se esconda e se alimente. Por isso é sempre indicado que nesses lugares onde têm circulação de pessoas, se faça a roçagem para manter o mato baixo. Também é indicado que evite o acúmulo de objetos e matérias como madeira, tijolos e restos de materiais de construção, justamente porque esses locais acabam de tornando um refúgio para esses animais". Apesar do perigo, é crime matar animais silvestres. A orientação é que bombeiros, policiais e entidades ambientais sejam acionadas para fazer o resgate do animal. "Esses animais estão sendo forçados a sair do ambiente natural deles. O ideal é que a serpente não seja morta, o ideal é solicitar o resgate para levar o animal a um lugar seguro, já que eles são importantes para a cadeia alimentar do ambiente", explica Márcio Trevisan. Vários casos de aparecimento de serpentes são registrados em uma unidade de saúde de Nazaré do Tocantins Reprodução Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Evento vai ter apresentações gratuitas e pagas no novo palco do Parque Capivari, no Palácio Boa Vista e no auditório Claudio Santoro. A cantora Paula Lima fez a abertura da 1ª edição do Festival de Verão de Campos do Jordão Beatriz de Paula/ Divulgação A 1ª edição do Festival de Verão de Campos do Jordão começou neste sábado (22) com apresentações de Paula Lima, Mônica Salmaso, Guinga e outros artistas. O evento vai ter apresentações gratuitas e pagas no novo palco do Parque Capivari, no Palácio Boa Vista e no auditório Claudio Santoro. A programação completa até 13 de fevereiro e ingressos podem ser conferidos no site do festival. Veja fotos da abertura A cantora Paula Lima fez a abertura da 1ª edição do Festival de Verão de Campos do Jordão Beatriz de Paula/ Divulgação A cantora Paula Lima fez a abertura da 1ª edição do Festival de Verão de Campos do Jordão Beatriz de Paula/ Divulgação A cantora Paula Lima fez a abertura da 1ª edição do Festival de Verão de Campos do Jordão Peterson Grecco/ TV Vanguarda Cantora Mônica Salmaso se apresentou na abertura do Festival de Verão de Campos do Jordão Laura Manfredini/ Divulgação Cantora Mônica Salmaso se apresentou na abertura do Festival de Verão de Campos do Jordão acompanhada pelos músicos Tiago Costa e Teco Cardoso Laura Manfredini/ Divulgação Guinga em apresentação no 1º Festival de Verão de Campos do Jordão Laura Manfredini/ Divulgação Lívia Nestrovski e Guinga em apresentação no 1º Festival de Verão de Campos do Jordão Laura Manfredini/ Divulgação Guinga e Quarteto Carlos Gomes no 1º Festival de Verão de Campos do Jordão Laura Manfredini/ Divulgação Reportagem mostra como foi o primeiro dia do Festival de Verão em Campos (veja vídeo abaixo) Festival de verão de Campos do Jordão é atração na Serra da Mantiqueira Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina

Vacinação em Rio Branco começou no dia 17 e pouco mais de mil crianças foram imunizadas até esse sábado (22). Rio Branco vai abrir vacinação para todas as crianças de 5 a 11 anos contra Covid nesta segunda (24) TV Globo/Reprodução Com a baixa procura para vacinação pediátrica contra Covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco decidiu liberar as doses do imunizante todas as crianças de 5 a 11 anos a partir desta segunda-feira (24). Até esse sábado (22), somente 1.086 crianças foram imunizadas contra a Covid na capital acreana. O número é pouco mais de 2% do público-alvo, que chega a cerca de 49 mil crianças, em Rio Branco. A secretária de Saúde, Sheia Andrade disse que a ideia é incentivar os pais ou responsáveis a levarem seus filhos para vacinação. “Está pequena a procura e, pensando nisso, para incentivar os pais a procurarem a vacinação, a partir de segunda-feira [24] vamos liberar para todas as crianças de 5 a 11 anos”, disse. A coordenadora do Departamento de Vigilância Epidemiológica, Socorro Martins, afirmou que, infelizmente, as fake news sobre vacinação infantil têm prejudicado o processo de imunização. “Muitos pais estão resistindo de levar seus filhos para vacinar. Mas, pedimos a colaboração de todos nesse momento.” Ao todo, Rio Branco recebeu 5,6 mil doses de vacina e, com a baixa cobertura, ainda há mais de 4 mil doses em estoque. Vacinação de crianças no Acre A vacinação pediátrica iniciou no Acre no dia 17 de janeiro com doses da Pfizer pediátrica. Em todo o Acre, a meta é imunizar 120 mil crianças de 5 a 11 anos. O estado do Acre recebeu 14,4 mil doses de vacinas pediátricas Pfizer, que chegaram em dois lotes. A vacinação ocorre de forma regressiva. Atualmente, estão sendo imunizadas as crianças de 10 anos e aquelas que têm comorbidades entre 5 e 11 anos. Na quinta-feira (20), a Secretaria Municipal de Saúde retirou a exigência de apresentação do termo de autorização para vacinação das crianças de 5 a 11 anos. A medida foi publicada em nota técnica do Departamento de Vigilância Epidemiológica. Regras para vacinação de crianças As crianças precisam estar acompanhadas do pai ou da mãe ou de outro responsável legal na hora da imunização. No caso das crianças menores de 11 anos que possuem comorbidades, estas devem apresentar laudo para fazer a vacinação. A 2ª dose deve ser aplicada após dois meses da aplicação da primeira dose. A vacina contra a Covid-19 não pode ser administrada no mesmo período de outras vacinas do calendário de imunização infantil. O intervalo é de 15 dias. Crianças que tiveram Covid-19 devem aguardar 30 dias para receber a vacina. Aquelas que estão com sintomas gripais devem esperar passar os sintomas para poderem ser imunizadas. Reveja os telejornais

Segundo o Corpo de Bombeiros, foram necessários cerca de 800 litros de água para apagar o fogo. Distribuidora de bebidas pegou fogo em Timóteo Corpo de Bombeiros Uma distribuidora de bebidas pegou fogo na madrugada deste domingo (23), em Timóteo. O estabelecimento fica no bairro Bromélias. De acordo com o Corpo de Bombeiros, quando os militares chegaram, havia muita fumaça saindo pelas janelas. Com o uso de equipamentos, eles entraram no local e fizeram o combate às chamas. Cerca de 800 litros de água foram necessários para apagar o fogo. Ainda segundo os bombeiros, foi feito o rescaldo no local que foi entregue em segurança ao proprietário. Não houve vítimas, apenas prejuízo financeiro. As causas do incêndio não foram divulgadas. Veja mais notícias da região em g1 Vales de Minas Gerais. VÍDEOS: veja tudo sobre o Leste e Nordeste de MG

Acidente foi em uma estrada vicinal que liga o município a Sagres (SP). Um passageiro que estava no carro teve ferimentos graves. Motorista morreu após perder controle da direção e capotar veículo em Osvaldo Cruz Cristiano Nascimento/Jornal Cidade Aberta Um homem morreu após o veículo que ele conduzia capotar no km 11,3 da estrada vicinal SPA 570/294, em Osvaldo Cruz (SP), na noite deste sábado (22). A estrada liga o município a Sagres (SP). De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, o carro transitava no sentido Sagres a Osvaldo Cruz, quando por motivos a serem esclarecidos, o condutor perdeu o controle da direção, saiu da pista e capotou. O motorista morreu e um passageiro teve ferimentos graves, segundo a polícia. Os dois são moradores de Osvaldo Cruz. As vítimas foram socorridas e encaminhadas para o Pronto-socorro de Osvaldo Cruz, onde foi constatada a morte do motorista do veículo. O carro e local do acidente foram periciados pela Polícia Científica. Motorista morreu após perder controle da direção e capotar veículo em Osvaldo Cruz Cristiano Nascimento/Jornal Cidade Aberta Motorista morreu após perder controle da direção e capotar veículo em Osvaldo Cruz Polícia Militar Rodoviária VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Animal foi capturado em residência e estava com lesão na cauda. Corpo de Bombeiro faz alerta à população em caso de aparecimento de animais silvares na área urbana. Um tatu foi resgatado pela equipe do Corpo de Bombeiros em uma casa na área urbana de Vilhena (RO), no último sábado (22). De acordo com a tenente Viviani Oliveira, o animal estava com a cauda lesionada e precisou ser atendido por um médico veterinário. O aparecimento de aninais silvestres tem sido recorrente na região e os militares alertam a população sobre os cuidados que se deve ter diante dessa situação. Tatu é resgato pelo Corpo de Bombeiros em casa de Vilhena (RO) Divulgação/Corpo de Bombeiros "O animal estava em uma residência no bairro Alto Parecis. Observamos que ele estava com a cauda ferida, o que pode ter sido ocasionado por um cachorro. O tatu passará por cuidados de um profissional e depois será devolvido ao habitat natural dele", explicou Viviani. Cobras e capivara Em janeiro, uma jiboia, uma cobra preta e uma capivara foram encontradas em bairros residenciais de Vilhena (RO). A serpente, que mede aproximadamente 1,10 m, estava enrolada e escondida na parte de baixo da máquina de lavar da residência de uma família. A cobra preta também foi encontrada em baixo da máquina de lavar roupas. A capivara foi encontrada passeando em uma rua no centro da cidade. Os militares do Corpo de Bombeiros fizeram a captura e encaminharam o animal à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma). Alerta A tenente Viviani alerta à população para que, caso um animal selvagem seja encontrado na área urbana, o Corpo de Bombeiros, a Polícia Ambiental ou Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) devem ser acionados para fazer o resgate e a soltura em local adequado. Veja outras notícias de Rondônia

O Clube Rural deste domingo (23) ensina como fazer uma peixada com o tradicional molho escabeche. Aprenda a preparar uma deliciosa peixada à escabeche O Clube Rural deste domingo (23) ensina como preparar uma deliciosa receita de peixada à escabeche. Ingredientes peixe Filé de tilápia Alho Sal Pimenta do reino moída Vinagre Suco de limão Trigo Óleo Ingredientes molho Azeite 1/2 de batata inglesa cortada em tiras, à julienne 1/3 de cenoura à julienne Pimentões coloridos à julienne 1/2 cebola à julienne Cebolinha e coentro 50 ml de leite de coco 100 ml de molho de tomate 50 ml de creme de leite Modo de preparar Tempere o peixe com sal, pimenta do reino, vinagre e o suco de limão. Deixe marinar por cerca de 10 minutos. Em seguida, passe o peixe no trigo. Coloque o peixe em óleo quente até dourar. Reserve. Para preparar o molho, esquente o azeite e coloque as batatas. Depois adicione as cenouras, a cebola e os pimentões. Em seguida coloque alho, sal e pimenta do reino. Adicione o molho de tomate. Em seguida, coloque o leite de coco, a cebolinha, o coentro e finalize com o creme de leite. Pronto, agora é só servir com o molho sobre o peixe. Clube Rural ensinou como preparar peixada à escabeche Reprodução/TV Clube Confira as últimas notícias do g1 Piauí VÍDEOS: Assista às notícias mais vistas do Clube Rural

Caso aconteceu na praia de Coqueirinho, no município de Conde. Segundo o Corpo de Bombeiros, três adultos e oito crianças caíram em uma vala. Praia de Coqueirinho, no Litoral Sul da Paraíba Clara Rezende/G1 O Corpo de Bombeiros resgatou 11 turistas da mesma família que estavam se afogando na praia de Coqueirinho, em Conde, na grande João Pessoa. O fato aconteceu no final da tarde desta sexta-feira (21), quando 11 pessoas da mesma família, sendo três adultos e oito crianças, caíram em uma vala. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, os turistas que vieram de Brasília acessaram o banco de areia da praia pelas pedras. Na hora de retornar, ao invés de voltar pelas pedras, resolveram seguir por dentro da praia, quando caíram dentro de uma vala e começaram a se afogar. No momento, os guarda-vidas presentes na praia de Coqueirinho já estavam indo ao encontro deles para alertar sobre a existência da vala. A equipe utilizou flutuadores e conseguiu resgatar todos a tempo. Nenhum deles precisou de atendimento médico. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Bombeiros dizem que quando chegaram ao local, às 6h53 deste domingo (23), portas estavam fechadas. Dois carros e uma moto foram consumidos pelo fogo. Carro e moto pegaram fogo dentro de loja de instalação de som automotivo em Ceilândia, no DF Corpo de Bombeiros do DF/Divulgação Um incêndio em uma loja de instalação de som automotivo, em Ceilândia, no Distrito Federal, destruiu dois carros e uma moto, no começo da manhã deste domingo (23). Segundo o Corpo de Bombeiros, os militares chegaram ao local às 6h53. As portas do estabelecimento comercial, na QNN 23 Conjunto B, estavam fechadas. No local, há vários comércios. LEIA TAMBÉM SANTA MARIA: mulher é encontrada morta em matagal VÍDEO: motociclista sobrevive após ser prensado entre dois carros RECANTO DAS EMAS: jovem de 19 anos morre após ser baleado em frente a comércio; veja vídeo Os bombeiros conseguiram entrar e controlar o fogo antes que ele se espalhasse para as lojas vizinhas. Ao todo, 20 militares trabalharam no combate às chamas. Bombeiros controlam incêndio em loja de som automotivo, em Ceilândia, no DF Corpo de Bombeiros do DF/ Divulgação Ninguém ficou ferido. A perícia do Corpo de Bombeiros foi chamada para identificar as causas do incêndio. Até a publicação desta reportagem, o g1 não havia conseguido falar com o dono da loja. Leia outras notícias sobre a região no g1 DF. Não houveram vítimas. A cena da ocorrência ficou aos cuidados da PMDF. A Perícia do CBMDF foi acionada para identificar as causas do incêndio.

Local não é apropriado para banho, segundo o Corpo de Bombeiros que atendeu a ocorrência. Jovem caiu de cachoeira no sábado (23) Grupo WH Comunicações Um jovem de de 24 anos ficou ferido após cair de uma cachoeira em Maravilha, no Oeste catarinense, na tarde de sábado (22). Segundo o Corpo de Bombeiros, a altura da queda foi de cerca de 10 metros. O local não é apropriado para banho. A ocorrência foi registrada por volta das 16h20. A vítima foi encontrada nas pedras consciente e com fraturas pelo corpo e hemorragia interna. Ele foi encaminhado ao Hospital São José, na mesma cidade. Compartilhe esta notícia no WhatsApp Compartilhe esta notícia no Telegram De acordo com os socorristas, a cachoeira é sinalizada com placas informando que existe risco de acidentes na área. O acesso à cachoeira é feito por uma trilha, de aproximadamente 300 metros. O g1 SC não havia conseguido contato com a unidade de saúde onde o jovem foi levado até as 10h45 deste domingo (23). LEIA TAMBÉM: Universitária cai de cachoeira durante trilha e morre em SC Mãe e filho são encontrados mortos dentro de casa em Florianópolis 'Musa das Estradas' fala sobre ferimentos e pede orações após acidente Queda em cachoeira matou estudante no Norte A queda do jovem em Maravilha é o segundo registro de acidente envolvendo cachoeiras neste mês de janeiro no Estado. Em 16 de janeiro, ​Letícia Budal morreu após cair em uma cachoeira na cidade de Joinville. O corpo dela foi resgatado depois de uma operação que durou mais de 10 horas por causa do difícil acesso ao local. A Polícia Civil investiga o caso. Leticia Silva Budal fazia trilha e morreu após cair de uma cachoeira Redes Sociais/ Reprodução VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias Veja mais notícias do estado em g1 SC
Crime aconteceu no bairro Praça da Ponte. Vítima contou aos policiais que precisou pedir ajuda ao padrasto, que conseguiu separar os dois e ferir o agressor. Um homem de 44 anos foi preso depois de tentar enforcar a companheira com um pedaço de fio elétrico em Miguel Pereira (RJ). O crime aconteceu na noite de sábado (22), no bairro Praça da Ponte. Policiais Militares foram até o endereço verificar informações sobre uma suposta agressão. Ao chegarem no local, os agentes conversaram com a vítima, que contou que se envolveu em uma briga com o companheiro. A mulher disse ainda que o homem tentou enforcá-la e que ela precisou pedir ajuda ao padrasto, que conseguiu ferir o homem e separar o casal. O fio utilizado na agressão foi encontrado e apreendido pelos agentes. Após o flagrante, os dois foram levados para o Hospital Municipal Luiz Gonzaga e, em seguida, para a delegacia para esclarecimento dos fatos. O homem ficou detido e vai responder por crime de lesão corporal, com base na Lei Maria da Penha. Clique aqui e siga o g1 no Instagram VÍDEOS: as notícias que foram ao ar na TV Rio Sul

Quatro unidades passam a ser mistas nesta segunda-feira (24). Durante a manhã serão atendidos pacientes com sintomas da Covid e gripe, enquanto durante a tarde os assintomáticos. Unidades de saúde passam a ser mistas para atender sintomas respiratórios em Marília Prefeitura de Marília/Divulgação A partir desta segunda-feira (24) quatro unidades de saúde passam a ser mistas em Marília (SP), ampliando o atendimento de pessoas com sintomas respiratórios, entre eles os da Covid-19. A mudança no atendimento será nas Unidades de Saúde da Família Padre Nóbrega, Padre Nóbrega II, Vida Nova Maracá e Jardim Maracá. Nessas unidades, os pacientes com sintomas respiratórios serão atendidos no período da manhã e os assintomáticos no período da tarde. Também a partir da segunda-feira, a Farmácia Polo do distrito de Padre Nóbrega passará a funcionar nas dependências da USF Jardim Maracá. Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM

Caso aconteceu em São Vicente. Mais de 2 mil porções de drogas e três galões de lança-perfume foram apreendidos Divulgação/Deinter-6 Um homem de 35 anos suspeito de tráfico de drogas foi preso em São Vicente, no litoral de São Paulo, com mais de 2.000 porções de entorpecentes. A Polícia Civil o localizou enquanto ele vendia drogas no bairro Vila Margarida, na sexta-feira (21). Segundo o Departamento de Polícia Judiciária do Interior 6 (Deinter-6), uma equipe acompanhava o suspeito quando viu ele colocar uma sacola em uma lata de lixo, e em seguida entrar em um salão de cabeleireiro. A ação, segundo as autoridades, teria o objetivo de enganar a polícia. De acordo com a Polícia Civil, na sacola colocada no lixo, havia porções de maconha, crack, cocaína e tubos de lança-perfume. Assim, os agentes abordaram o suspeito e foram até sua residência. No total, foram localizadas e apreendidas mais de 2.000 porções de entorpecentes. Conforme o Deinter-6, eram 1.629 porções de maconha, 75 de cocaína, 38 de crack e mais de 300 frascos de lança-perfume e três galões da droga, que somavam mais de 20 litros. O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes da Deic (2ª Deic), e todo o material recolhido foi encaminhado à perícia. O homem foi preso em flagrante e conduzido ao sistema penitenciário. VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Ao todo, 1.002 potiguares morreram sem conseguir ser regulados desde o início da pandemia. Só em janeiro, foram 48. Ocupação acima de 60% não era atingida desde julho de 2021. Ambulância SUS Natal RN Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi Com o aumento de casos diários de Covid, a taxa de internação pela doença também aumentou no Rio Grande do Norte. De acordo com o Regula RN, o estado já chega a 63% de ocupação das UTIs públicas, marca que não era atingida desde julho de 2021. A Região Metropolitana já está próxima dos 70% de ocupação (68% atualmente). Diante do crescimento, o Rio Grande do Norte chegou também na sexta-feira (21) à marca de 1.002 pessoas que morreram aguardando um leito de UTI desde o início da pandemia (veja gráfico abaixo). Entre os meses de julho e dezembro houve uma queda no número de pacientes que morreram sem conseguir atendimento em uma UTI, diante do avanço da vacinação, que permitiu menos casos graves da Covid. Mas janeiro já registra 48 mortes nessa situação até o dia 22. Neste domingo, segundo o Regula RN, há 23 pessoas na fila para 30 leitos disponíveis. Quatro dos hospitais públicos estão com os leitos de UTI completamente lotados, incluindo o Giselda Trigueiro, e 12 deles estão com pelo menos 60% de ocupação. Taxa de ocupação no Rio Grande do Norte e nas regiões Divulgação De acordo com a plataforma, há atualmente 79 pacientes em leitos críticos de UTI na rede pública. Apesar do aumento da taxa de ocupação, o número de leitos disponíveis para a Covid é menor do que nos picos das duas primeiras ondas da doença, sobretudo na segunda, quando o estado chegou a ter até 411 leitos de UTI disponíveis para a Covid, em junho de 2021. A partir de julho do ano passado, com a queda nos índices da pandemia, somados ao aumento da vacinação, o estado passou a reverter leitos de UTI Covid para UTI geral. Atualmente, segundo o Regula RN, há cerca de 120 leitos de UTI operacionais (não-bloqueados). Situação da pandemia Desde quarta-feira (19), a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) está notificando mais de 1 mil casos de Covid por dia no estado. Quarta (19): 1.307 novos casos notificados Quinta (20): 1.112 novos casos notificados Sexta (21): 1.070 novos casos notificados Sábado (22): 1.543 novos casos notificados O aumento de casos acontece justamente após a chegada da variante ômicron, em dezembro, ao estado. Ela é considerada pelos especialistas como uma variante de maior contágio. A procura por testes e exames têm crescido nas últimas semanas em cidades como a capital Natal. Um dos Centros de Enfrentamento à Gripe, da prefeitura, precisou fechar as portas mais cedo na terça-feira (18) devido à alta demanda. Diante do cenário, o estado decidiu passar a cobrar o passaporte vacinal para acesso a estabelecimentos fechados e também aos abertos que tenham mais de 100 pessoas. Os laboratórios particulares da capital potiguar registram aumento de até 400% na quantidade de exames realizado em janeiro no comparativo com dezembro do ano passado. Desde o fim de dezembro, hospitais privados também têm sofrido com o crescimento nos atendimentos. Vacinação O Rio Grande do Norte começou a vacinar as crianças entre 5 e 11 anos de idade contra a Covid no sábado (15). Um menino de 9 anos foi a primeira criança imunizada no estado. A capital Natal começou a vacinar na terça-feira (18) as crianças. Vídeos mais assistidos do g1 RN
Segundo a polícia, a vítima, que não teve o nome informado, foi atingida no peito. Crime aconteceu no Jardim Vitória; suspeito não foi identificado. Um homem foi baleado na noite de sábado (23), no Jardim Vitória, em Mairinque (SP). O crime aconteceu por volta das 23h, no meio da rua Luiz de Almeida. Segundo a polícia, a vítima, que não teve o nome informado, foi baleada no peito. O suspeito do crime não foi identificado. O homem foi socorrido pelo Samu e levado ao pronto socorro de Mairinque com duas marcas de tiro, sendo transferido para o Hospital Regional de Sorocaba (SP). Veja mais notícias da região no g1 Sorocaba e Jundiaí VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM

Acidente aconteceu no bairro Infraero 2, na Zona Norte da capital. BPTran; Macapá; Batalhão de Policiamento de Trânsito Victor Vidigal/G1 Ronaldo da Silva Nunes, de 51 anos, morreu após a motocicleta que dirigia colidir frontalmente com um caminhão no bairro Infraero 2, na Zona Norte de Macapá, no sábado (22). O veículo passou por cima do motoqueiro no acidente. A vítima não tinha carteira de habilitação. O acidente foi registrado pelo Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes) por volta de 2h30 na esquina entra a Avenida Carlos Lins Cortês e a Rua Roraima. Segundo o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), o caminhão vinha pela Avenida Carlos Lins, no sentido Oeste-Leste, quando a motocicleta colidiu de frente no veículo. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e confirmou a morte do motociclista ainda no local. Ainda de acordo com o BPTran, Nunes não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ambos os veículos envolvidos no acidente estavam com o licenciamento regularizado. O motorista do caminhão realizou o teste de etilômetro, que não constatou álcool na corrente sanguínea. Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP:

Mais 20 leitos de enfermaria foram abertos para atendimentos dos casos de Covid em Mato Grosso. Boletim mostra que 81,35% das UTI do SUS para tratamento da doença estão ocupadas Secom-MT Ao longo da semana, a Secretaria Estadual de Saúde (SES), disponibilizou 40 novos leitos de Terapia Intensiva e 20 leitos de enfermaria para o tratamento da Covid-19. As aberturas de novos leitos faz parte da estratégia de Mato Grosso para o enfrentamento da terceira onda da doença. Segundo o governo do estado, foram disponibilizados 50 novos leitos no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande. A primeira ampliação ocorreu na segunda-feira (17) onde foram abertos 10 leitos intensivos . Na terça-feira (18), a unidade de saúde implementou 10 leitos de enfermaria e na quinta-feira (20) foram disponibilizados mais 10 leitos de UTI e neste sábado (22), o hospital ampliou outros 10 leitos de enfermaria e 10 leitos de UTI no local. A SES diz que a unidade hospitalar atua como a principal referência estadual para o atendimento de pacientes com coronavírus e tem 100% da sua atividade destinada ao atendimento de demandas causadas pela Covid-19. Com a ampliação, a unidade de saúde passará a contar com o total de 50 leitos de UTI e 50 leitos de enfermaria para o tratamento da doença. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, a Pasta monitora as taxas de contaminação e ocupação hospitalar pela Covid-19 em Mato Grosso e trabalha medidas para serem implementadas conforme necessidade e não descartou novas reativações de leitos para Covid. O governo e o município de Primavera do Leste, disponibilizaram na última terça-feira (18) 10 novos leitos de UTI no Hospital e Maternidade São Lucas. Inicialmente, a SES irá financiar 100% do funcionamento, ou seja, R$ 2 mil a diária de cada um desses 10 novos leitos.

Serviços voltam a ser oferecidos nesta segunda-feira (24). Unidades foram fechadas na quinta-feira (20) após a identificação de 65 casos suspeitos ou confirmados entre funcionários. Unidade Tijuca é uma das com serviço suspenso em Porto Alegre Cristine Rochol/PMPA A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Porto Alegre anunciou para esta segunda-feira (24) a retomada do atendimento ao público em cinco unidades de saúde. Os postos foram fechados na quinta (20) após o registro de 65 casos suspeitos ou confirmados de Covid entre servidores. As unidades fechadas foram: Tijuca, Batista Flores, Domênico Feoli, Asa Branca e Nova Gleba. No período, a população foi orientada a buscar os serviços de saúde em outros locais próximos. Covid: veja onde vacinar adultos e crianças na Capital Hospitais do RS restringem atendimentos em razão do coronavírus O município ainda suspendeu consultas e procedimentos eletivos em unidades de saúde. A medida ocorre devido ao grande volume de atendimento de pacientes respiratórios atendidos na Capital. A medida vale até o final do mês de janeiro, quando passará por nova avaliação. Conforme a SMS, os pacientes serão avisados pelas unidades que as consultas e procedimentos serão remarcados. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma vela caiu enquanto ele dormia. Colchão pegou fogo após vela cair sobre ele em casa de Ipatinga Corpo de Bombeiros Um homem, de 50 anos, ficou ferido após o colchão que ele dormia pegar fogo na noite desse sábado (22), em Ipatinga. De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas disseram que o incêndio começou após uma vela cair sobre o colchão em que a vítima estava dormindo. Na tentativa de salvar o colchão, o homem sofreu queimaduras de primeiro grau nos braços e troncos. Ele foi socorrido ao Hospital Márcio Cunha. Segundo os militares, os vizinhos fizeram o combate inicial às chamas. Quando os bombeiros chegaram no imóvel, que fica no bairro Vila Celeste, já não havia foco de incêndio. Veja mais notícias da região em g1 Vales de Minas Gerais. VÍDEOS: veja tudo sobre o Leste e Nordeste de MG

Inscrições devem ser feitas diretamente nas instituições de ensino nos dias 24 e 25 de janeiro. Intérprete de Libras é uma das vagas disponíveis Reprodução/TV TEM A Secretaria Municipal de Educação (Semed) em Ariquemes (RO) abriu um processo seletivo para contratação de profissionais que devem atuar em diversas áreas. As inscrições devem ser feitas diretamente nas instituições de ensino, nos dias 24 e 25 de janeiro, das 7h30 às 13h30. As vagas serão distribuídas entre 21 cargos de trabalho, entre eles o de Menor Aprendiz. Para concorrer na categoria é necessário estar estudando e frequentando o Curso Jovem Aprendiz de aperfeiçoamento profissional. Confira os cargos disponíveis: Coordenador de Pátio Coordenador de Portão Auxiliar de Alimentação Escolar Auxiliar dos Serviços de Limpeza Auxiliar de Laboratório Auxiliar de Biblioteca Cuidador Auxiliar de Secretaria Pedreiro Ajudante de Pedreiro Auxiliar de Manutenção Predial Monitor de Transporte Escolar Motorista de Ônibus Escolar Menor Aprendiz Intérprete de Libras Encarregado de Manutenção Auxiliar de Refrigeração Eletricista de Edifícios Auxiliar de Padaria Padeiro Trabalhador de Olericultura Confira as instituições de ensino com vagas disponíveis: Creches: Arikem, Balão Mágico, Criança Feliz, Madre Tereza de Calcutá Sonho de Criança Escolas: Aldemir Lima Catanhede, Dr. Dirceu de Almeida, Eva dos Santos de Oliveira, Gessi Janes Soares Moreira, Jorge Teixeira, Ireno Antonio Berticelli, Levi Alves de Freitas, Magdalena Tagliaferro, Mário Quintana, Pedro Louback, Pingo de Gente, Sonho Meu, Venâncio Kottwitz Veja outras notícias de Rondônia

Situação aconteceu na tarde de sábado (22), no bairro Novo Horizonte. De acordo com PM, policiais foram recebidos com tiros no local. PM é baleado e homem é morto em Itabuna Redes sociais Um policial militar foi baleado e um homem foi morto durante confronto no bairro Novo Horizonte, em Itabuna, no sul da Bahia. A situação aconteceu na tarde de sábado (22). De acordo com a Polícia Militar (PM), foi feita uma denúncia de homens armados na região. Ao chegar no bairro, os policiais foram recebidos com tiros. Ainda segundo a PM, os homens se esconderam em um imóvel e os policiais cercaram o local. A troca de tiros foi iniciada quando um dos suspeitos saiu da casa. Um policial militar foi atingido e socorrido para o Hospital de Base de Itabuna. Após cirurgia, ele passa bem. O suspeito também foi baleado e socorrido para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. A ocorrência foi feita na delegacia e os policias fazem rondas pela região para localizar os outros envolvidos. Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do G1 e TV Bahia Ouça o podcast do g1 Bahia

Mídia local diz que fogo teria sido causado por vazamento de gás seguido de explosões. Policial guarda a entrada da boate Livs night-club, em Camarões, onde um incêndio deixou mortos e feridos Kenzo Tribouillard / AFP Um incêndio em uma casa noturna na madrugada deste domingo (23) deixou ao menos 16 mortos e vários feridos na cidade de Yaoundé, capital de Camarões, segundo a agência de notícias France-Presse. A tragédia ocorreu no salão principal da Liv's Night Club, localizada no bairro de Bastos, que abriga luxuosas casas e embaixadas. Segundo o Ministério das Comunicações, o incêndio foi causado por fogos de artifício, que queimaram o teto e, depois, causaram duas explosões. O fogo teria começado por volta das 3h, no horário local (23h de sábado, pelo horário de Brasília). Incêndio em boate deixa mortos em Camarões Editoria de Arte/g1 Ainda não se sabe exatamente quantas pessoas estavam no local. Mas, segundo a agência, cem pessoas estavam reunidas no final da manhã no necrotério do hospital militar de Ekounou. Ainda de acordo com a AFP, incêndios não são incomuns em casas noturnas de Camarões, mas o número de vítimas dessa tragédia "é o maior dos últimos anos".

Espetáculos, oficinas e workshops fazem parte da programação do festival 'Em Janeiro Teatro para Criança é o Maior Barato'. Festival 'Em Janeiro Teatro para Criança é o Maior Barato' traz programação gratuita Divulgação Apresentações teatrais serão realizadas até o dia 30 de janeiro durante a 15ª edição do evento "Em Janeiro Teatro para Criança é o Maior Barato", realizado em São José do Rio Preto (SP) pela Cia. Fábrica de Sonhos. A programação conta com 12 espetáculos que serão apresentados no teatro do Sesi e no shopping localizado na Avenida Brigadeiro Faria Lima, 6363. Além disso, serão realizadas 24 atividades formativas, entre oficinas e workshops (confira a programação completa). Para acompanhar as atividades é necessário retirar o ingresso pela internet. Segundo a equipe organizadora do evento, as atividades são presenciais e cumprem todos os protocolos de prevenção contra a Covid-19, além da obrigatoriedade de apresentação do cartão de vacinação. Veja mais notícias da região no g1 Rio Preto e Araçatuba VÍDEOS: confira as reportagens da região

Estado tem 6.806 óbitos provocados pelo coronavírus desde o início da pandemia. Teste Covid Prefeitura de Cabo Frio/Divulgação Rondônia registrou 1.669 novos casos conhecidos de Covid-19 no último sábado (22), chegando ao total de 300.120 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. O estado também registrou uma morte por Covid-19 em 24 horas, totalizando 6.806 óbitos desde março de 2020, o início da crise sanitária. O óbito foi registrado em Vilhena. Os dados são do boletim diário divulgado pelas Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). População vacinada O boletim também atualizou os dados da população vacinada contra Covid-19 no estado: 1.241.968 rondonienses tomaram a primeira dose do imunizante e 1.047.064 também tomaram a segunda. Já quanto a dose de reforço, 181.408 pessoas receberam aplicação. VÍDEOS: veja outras notícias de Rondônia

As chamas já foram isoladas pelos Bombeiros; moradores precisaram sair de casa às pressas e estão assustados As chamas tiveram início nos fundos de um galpão, segundo o Corpo de Bombeiros Corpo de Bombeiros/Divulgação Pela segunda vez em menos de dois anos, uma fábrica de tecidos localizada no bairro Justinópolis, em Ribeirão das Neves, pegou fogo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas atingiram o imóvel no início da manhã deste domingo (23) nos fundos de um galpão. Os militares já controlaram as chamas. Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, não houve vítimas e por enquanto não se sabe a causa do incêndio. A corporação também informou que o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros da empresa está em dia. Moradores da região enviaram vídeos ao g1 onde é possível ter a dimensão do incêndio. O Corpo de Bombeiros também divulgou imagens do combate às chamas. A fumaça podia ser vista de outras partes da cidade. Fábrica de tecido pega fogo em Ribeirão das Neves, na Grande BH Fábrica de tecido pega fogo em Ribeirão das Neves, na Grande BH Fábrica de tecido pega fogo em Ribeirão das Neves, na Grande BH Em abril de 2020, um incêndio de grandes proporções atingiu a fábrica. Na ocasião, dois galpões foram totalmente destruídos. O episódio deste domingo deixou os moradores novamente assustados. "Eu estava dormindo e acordei no susto, com os vizinhos gritando para sairmos de casa porque tinha risco de explosão", disse a cabeleireira Karen Franciely. Ela diz ainda que a movimentação de máquinas pesadas no interior da fábrica está abalando as estruturas das casas vizinhas. Quem também ficou apreensiva foi Alexsandra Maciel, que mora perto da fábrica e está grávida. "Acordei às 7h assustada com a fumaça. É muito difícil porque, além dessa questão do incêndio, a fábrica já incomoda muito a gente por conta do cheiro. Eu, minha filha e minha mãe têm bronquite. Os moradores sofrem bastante", contou. Ainda segundo ela, houve um incêndio no mesmo local deste domingo, mas as chamas foram apagadas pelos próprios funcionários da empresa. A TV Globo já mostrou a insatisfação dos moradores por conta dos problemas causados pela fábrica. Eles se queixam da fumaça expelida pelas chaminés e do cheiro ruim. O g1 não conseguiu localizar nenhum representante da Ematex para comentar o assunto.

Michele da Silva segue internada na UTI do Hospital do Juruá. Lucas Arthur recebeu alta há uma semana e a mãe o vê por videochamada. Lucas recebeu alta há uma semana Arquivo pessoal Entre os significados do nome Lucas, está “iluminado” e parece ser uma boa característica para o pequeno Lucas Arthur Lima, que com menos de 20 dias de vida já enfrenta uma longa batalha. Mesmo pequeno e indefeso, o bebê ainda não pôde sentir o colo quentinho da mãe, Michele da Silva, de 32 anos. LEIA TAMBÉM: Grávida com Covid-19 é submetida a cesariana de emergência em UTI do Hospital no Acre Bebê de mulher com Covid que nasceu após cesariana de emergência no AC testa negativo para a doença É que Lucas nasceu no último dia 4 em uma cesárea de emergência enquanto sua mãe estava entubada devido à Covid. Veio ao mundo com 34 semanas de gestação, o que corresponde a quase 7 meses, pesando 2,160 gramas e medindo 44 centímetros. Ao nascer, ele teve uma parada cardíaca e foi reanimado. Uma longa batalha para poucos dias de vida. Mas, agora o cenário começa a mudar para o pequeno. É que na última segunda-feira (17), ele recebeu alta e pôde ir para casa. Além disso, depois de três testes, foi constatado que ele não nasceu com Covid, mas desenvolveu anticorpos contra a doença. Apesar de já estar em casa, Lucas ainda aguarda o retorno da mãe, que segue internada na UTI Covid do Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul. Ela deu entrada no hospital no dia 1º de janeiro e desde então tem lutado pela vida dela e de Lucas. Ela passou 16 dias inconsciente, mas esta semana foi extubada e conseguiu conhecer o filho por uma videochamada. O marido dela, o agricultor Alexandre Lima, de 27 anos, contou que no boletim médico dela, atualizado nesse domingo (22), o estado de saúde dela melhorou em 50%. Ele conta que o pequeno Lucas é o mais novo de três filhos, de seis e quatro anos, e conta que tem contado com o apoio da mãe para dar conta dos meninos sem a companheira ao lado. “Ela já está bem melhor. Esta semana mandamos áudio fortalecendo ela e conheceu o bebê por videochamada. Depois que ela passou a vê-lo melhorou bastante, segundo os médicos passaram pra gente. Eu ainda não consegui ver ela assim, mas a equipe médica faz as chamas e minha mãe mostra o Lucas por vídeo e manda fotos”, conta. Para que a mãe pudesse cuidar do recém-nascido, Lima contou que foi para a casa, que fica no Seringal Profeta, perto de Rodrigues Alves, e levou os dois filhos mais velhos e um sobrinho. Ele conta que não tem sido fácil a vida longe da mulher, mas que tem feito o máximo para poupar os filhos. “A bolsa com as coisas dela eu ainda não trouxe para casa para os meninos não ficarem chorosos e perguntando. Deixei o Lucas com minha mãe, que ela cuida muito bem, e aí vou visitar e também deposito dinheiro para as coisas que ele precisa. Os médicos ainda não falam em dia de alta, mas espero que no dia que eu trouxer a bolsa com as coisas dela, eu volte completo para casa, se Deus quiser”, diz emocionado. Bebê está morando com a avó paterna Arquivo pessoal Internação Antes de ser diagnosticada com Covid, Michele tinha passado por algumas unidades de saúde porque estava com infecção urinária. Como estava grávida, no hospital de Rodrigues Alves, ela foi orientada a buscar atendimento na Maternidade de Cruzeiro do Sul. Passou alguns dias na maternidade e quando teve alta do hospital, após alguns dias, passou mal e testou positivo para a doença. O marido acredita que ela tenha sido infectada durante esses atendimentos, porque na zona rural onde moram as casas são afastadas e, segundo ele, Michele se cuidava bastante devido estar grávida. Ela também já tinha tomado duas doses da vacina quando se infectou. Parto ocorreu enquanto mã estava intubada da Covid Arquivo pessoal Parto de emergência A mãe chegou ao Hospital do Juruá dias antes do parto e com agravamento do quadro foi levada para a UTI. Nas ultrassonografias de controle, ela estava com diminuição do líquido amniótico e o bebê estava iniciando um quadro de sofrimento fetal, segundo informou o pediatra que acompanhou o menino, Rondney Brito. Logo após o nascimento, o bebê foi transferido para a UTI da maternidade, onde inicialmente foi intubado. Como a cesariana foi feita com a mãe em quadro de Covid, o bebê ficou em isolamento. Doze dias depois e com três testes negativos para Covid, o bebê recebeu alta, onde aguarda a alta da mãe na casa da avó. VÍDEOS: g1 em 1 minuto

Cada 100 infectados pode transmitir para outras 168 pessoas saudáveis.Dado é da plataforma Info Tracker, parceria entre USP e Unesp, que faz o monitoramento e análise dos números do coronavírus. Na região, índice de contaminação aumentou em 55% nas últimas semanas. Na região, índice de contaminação aumentou em 55% nas últimas semanas.; imagem mostra calçadão de São José dos Campos Reprodução/ TV Vanguarda Um estudo feito pela plataforma Info Tracker, estipulou que, com base nos dados de coronavírus divulgados pelo estado de SP, o Vale do Paraíba tem atualmente a taxa de transmissão em 1,68. O número é alto e mostra o comportamento da variante ômicron, que tem maior transmissibilidade do que variantes antigas. Os dados são deste sábado (22). "Vamos colocar 100 pessoas acometidas com a Covid como parâmetro. Essas 100 pessoas teriam a capacidade de disseminar a doença para outros 168 indivíduos saudáveis. Ou seja, fazemos sempre o número de infectados vezes a taxa calculada. Então, se mantivermos esse número acima de um, sempre teremos um número maior de pessoas sendo acometidas pela doença. E a tendência é só aumentar se continuar desse jeito", disse Wallace Casaca, coordenador do projeto feito em parceria entre a USP e a Unesp. LEIA TAMBÉM: Avanço da ômicron: variante responde por quase todos os resultados positivos de Covid no Brasil Ômicron: qual a melhor máscara para proteger contra Covid? Com 7 mil novos casos de Covid em 24h, Vale registra maior média móvel desde início da pandemia Aceleração de contágios com a ômicron A maior velocidade nas contaminações pela ômicron fica evidente diante dos dados analisados pela plataforma no início do ano. No dia 7 de janeiro, por exemplo, a taxa de transmissão do vírus estava em 1,08, ou seja, registrou um aumento de 55% em apenas duas semanas. "Esse aumento é o que chamamos de geométrico. Ou seja, sempre vamos ter um número maior de pessoas acometidas, se mantivermos essa taxa alta por muito tempo", completou o pesquisador. Transmissão de Covid no Vale do Paraíba segue em alta Atualmente, o Vale do Paraíba tem a décima maior taxa de reprodução de São Paulo. Além desse número ser alto, a região também sofre com a falta de testes rápidos de Covid-19 no mercado. Diversos municípios adotaram restrições na testagem. Em São José dos Campos, cidade mais populosa da região, a prefeitura decidiu que vai fazer teste de Covid somente em internados, profissionais da linha de frente ou casos excepcionais, devido à escassez. Outras cidades, como Jacareí e Pindamonhangaba, só estão testando pessoas com sintomas evidentes do coronavírus. A falta de testes freia o desenvolvimento de táticas efetivas de controle da infecção, como testado em outros países, como explica o pesquisador Wallace Casaca. "A testagem é a política pública prioritária na maioria dos países que tiveram sucesso em conter explosões de casos. É claro, mesmo testando, vamos ter um número grande. Porém, quanto maior o número de testes aplicados, maiores serão as condições de tirar os infectados de circulação, o que ajudaria a quebrar a cadeia do vírus e diminuir a taxa de contaminação", afirmou Wallace. Taxa de ocupação de leitos de UTI também preocupa Outro dado divulgado pela Info Tracker, que também é motivo de preocupação é a taxa de ocupação de leitos de UTI da região. Segundo a plataforma, com base nos dados do estado, o Vale do Paraíba tem 79,5% das vagas ocupadas. O valor é próximo ao registrado em abril de 2021 (81,2%), quando houve um pico de contágio. "Agora nos encontramos em uma situação muito complexa. Não tem mais testes disponíveis para as pessoas e temos taxas de ocupações equivalentes a cenários anteriores", completou Wallace. No ranking de regiões com os maiores índices de ocupação, o Vale aparece em segundo lugar, atrás apenas do município de São Paulo, que está com 81,3% dos leitos ocupados. Em seguida do Vale, aparecem as regiões de São José dos Rio Preto (74,4%) e a de Barretos (73,3%). Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina

Confira as ocorrências registradas na Seccional durante o plantão do delegado Lucivelton Santos. Selo Plantão Policial na Seccional de Polícia Civil em Santarém Arte/g1 Ocorrências de furto, embriaguez ao volante, tentativa de homicídio e ato obsceno foram registradas durante o plantão de sábado (22) e madrugada deste domingo (23) na 16ª Seccional de Polícia Civil de Santarém, no oeste do Pará. Compartilhe esta notícia no WhatsApp Compartilhe esta notícia no Telegram Segundo o delegado Lucivelton Santos, um casal foi apresentado na delegacia após ser flagrado pela Polícia Militar mantendo relação sexual na Praça da Fortaleza do Tapajós, conhecida como Praça do Mirante, localizada no centro da cidade. O caso configura o crime de ato obsceno, previsto no artigo 233 do Código Penal Brasileiro, que consiste na prática de tal ato em local público, aberto ou exposto. A pena a ser aplicada por ofensa ao pudor é a detenção, que pode ser de três meses a um ano, ou o pagamento de multa. Outras ocorrências Também durante o plantão, a Polícia Militar apresentou na Seccional uma mulher identificada como Jaqueliny Pontes Vale, suspeita de furtar o celular de um mototaxista. O crime teria ocorrido no bairro Santana. De acordo com a Polícia, foi arbitrada fiança mas o valor não foi pago. Um homem foi detido e levado para delegacia pela equipe do Boletim de Ocorrência de Acidentes de Trânsito (Boat) após ser flagrado dirigindo embriagado no bairro Maracanã. Não pagou fiança e está preso. Já no bairro Aparecida, um homem identificado como Clóvis Eduardo Belo da Silva, foi levado pela Polícia Militar para delegacia após ferir com um golpe de terçado uma outra pessoa. Na Praia do Cajueiro, em Alter do Chão, um homem foi encontrado pendurado com uma corda no pescoço. Até a publicação desta reportagem, o caso não havia sido registrado na delegacia de Polícia Civil. VÍDEOS: mais vistos do g1 Santarém e região

Iniciativa foi publicada no sábado (22) e é liderada pelas empresas Salvador Produções e Pida. Em texto nas redes sociais, classe aborda consequências dos cancelamentos dos eventos. Baile da Santinha 2022 em Salvador Redes sociais Os produtores culturais de Salvador lançaram no sábado (22) a campanha 'Pega Leve Rui Costa', que aborda as consequências dos cancelamentos de eventos em Salvador. Após os decretos estaduais de redução de público, diversos shows foram cancelados ou adiados na cidade. Após novo decreto estadual de redução de público em eventos, Léo Santana cancela festa 'Ensaio de Verão' em Salvador Cancelado o ensaio da banda Harmonia do Samba que aconteceria na próxima segunda, em Salvador A iniciativa é liderada pelas empresas Salvador Produções e Pida. Segundo texto publicado nas redes sociais, o objetivo da campanha é mostrar que a classe não pode ser a única responsabilizada pelo avanço da Covid-19 no estado. "Sofremos sozinhos as penalidades como se fôssemos os vilões da pandemia e os únicos responsáveis pela propagação do vírus" , afirmaram em publicação. Na postagem, os produtores culturais também explicam que o cancelamento dos eventos causa prejuízos para diversas pessoas, como porteiros, garçons e seguranças. "Em um evento de 5 mil pessoas , são gerados mais de 500 empregos temporários. Cancelar um evento de médio porte é tirar a renda de muitas famílias". A classe ainda afirma que concorda com as medidas de segurança contra a Covid-19, como a exigência do comprovante de vacinação, e que segue as normas exigidas. Porém, com novos decretos de redução de público, a situação tem se tornado insustentável. "Estamos chegando no limite, e sem o apoio do governo fica quase impossível aguentar", finalizam. Campanha 'Pega Leve Rui Costa' foi lançada por produtores culturais no sábado (22) Redes sociais Campanha aborda as consequências dos cancelamentos dos eventos em Salvador Redes sociais Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do G1 e TV Bahia Ouça o podcast do g1 Bahia

Menino foi identificado como Artur Portela Moura; Incêndio aconteceu por volta das 22h no bairro Jardim Tropical I, em São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís. Objetos ficaram completamente queimados após o incêndio Divulgação/Corpo de Bombeiros do Maranhão Um menino de apenas quatro anos morreu na noite desse sábado (22) após um incêndio ter sido iniciado dentro de sua casa situada no bairro Jardim Tropical I, em São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís. Ele foi identificado como Artur Portela Moura. Segundo a polícia, o incêndio aconteceu por volta das 22h e no momento da combustão estavam no interior da casa o pai da vítima, reconhecido como Daivid Leite Moura, 29, e o avô do menino, que não teve a identidade revelada. A mãe da criança, Iraci Sandy de Sousa Portela, 28, estava do lado de fora conversando com vizinhos quando foram surpreendidos com o fogo. Os bombeiros foram acionados e conseguiram debelar o fogo, porém a criança foi encontrada já sem vida no quarto da residência. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Polícia Civil investiga o confronto e o motivo de parte da droga ter sido incinerada antes da chegada da perícia. População da região ficou indignada com ação dos policiais e pede justiça. Moradores questionam ação da PM com quatro mortos e quase 60 disparos dos policias As investigações da Polícia Civil apontaram que as quatro pessoas que morreram após abordagem da Polícia Militar em Cavalcante, no nordeste de Goiás, não tinham passagens criminais. De acordo com a PM, eles eram suspeitos de tráfico de drogas. A situação está sendo investigada pelo delegado Alex Rodrigues, que procura esclarecer a dinâmica de como tudo aconteceu. O g1 pediu uma posição à Polícia Militar sobre o caso, por e-mail, na sexta-feira (21), e aguarda retorno. Nova cobrança foi feita, pelo mesmo canal, às 9h19 deste domingo (23). Compartilhe esta notícia no WhatsApp Compartilhe esta notícia no Telegram Segundo a PM informou à Polícia Civil, na quinta-feira (20), uma equipe foi a uma propriedade rural, em local ermo e de difícil acesso, após receber uma denúncia de que ali haveria uma grande plantação de maconha. No registro, os PMs relataram que, chegando ao local, foram recebidos a tiros por um grupo, por isso tiveram que revidar com quase 60 tiros. Ainda de acordo com o depoimento dos policiais militares, além dos quatro que foram baleados e morreram, haveriam outras três pessoas, que conseguiram fugir. A Polícia Civil ainda não conseguiu identificar o trio, que está sendo procurado. LEIA TAMBÉM: Quatro suspeitos de tráfico de drogas são mortos em ação da PM Moradores questionam ação da PM com quatro mortos e quase 60 disparos dos policias Pés de maconha apresentados pela polícia após ação com quatro mortos em Cavalcante Polícia Civil/Divulgação A população de Cavalcante ficou revoltada com o episódio e defende que os quatro rapazes que foram mortos não tinham armas e não podem ter atirado contra os PMs. Durante o enterro de dois deles, houve uma manifestação pedindo por justiça. Drogas e investigação Segundo o delegado Alex, os PMs constataram que havia cerca de 500 pés de maconha no local, além de porções prensadas e outras prontas para consumo – tudo deve ser periciado para confirmação de que se tratava da droga. Propriedade onde ação da PM com quatro mortos aconteceu Polícia Civil/Divulgação No entanto, parte da droga que foi encontrada pelos policiais foi incinerada no local antes da chegada da equipe da Polícia Civil. Essa ação não é a de praxe, segundo o delegado, por isso também será apurada. “A priori, quem faz a incineração da droga, de cordo com a lei, é o delegado. A droga foi incinerada antes da minha chegada. Isso vai ser apurado o motivo”, disse. Alex Rodrigues também contou que foi feita uma perícia minuciosa durante o sábado (22), que durou aproximadamente sete horas. De acordo com ele, os laudos que resultarão desse trabalho devem ajudar a esclarecer dúvidas sobre os disparos, a dinâmica dos fatos, entre outras. Veja outras notícias da região no g1 Goiás. VÍDEOS: saiba o que acontece em Goiás

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Acre. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Acre.

Ritmo da vacinação no estado está acima da média nacional. Dados foram divulgados pelo consórcio de veículos de imprensa. Média de novos casos de covid chega a 140 mil por dia Os dados do consórcio de veículos de imprensa desta sábado (22) mostram que 148.292.373 pessoas estão totalmente imunizadas. Este número representa 69,03% da população. No Ceará, são 6.634.480 pessoas imunizadas, equivalente a 71,39%. Os dados do Ceará não incluem a vacinação de sábado (22), já que o estado não atualizou os números nesta data. Brasil, 22 de janeiro Total de pessoas que estão totalmente imunizadas (que receberam duas doses ou dose única): 148.292.373 (69,03% da população) Total de pessoas que receberam a dose de reforço: 39.750.423 (18,50%) Total de pessoas que estão parcialmente imunizadas (que receberam apenas uma das doses necessárias): 162.885.004 (75,82% da população) Total de doses aplicadas: 350.927.800 (91,28% das doses distribuídas para os estados) 15 estados e o DF divulgaram dados novos: PB, DF, SE, MS, PA, RO, PI, AM, ES, AL, RN, BA, MA, MT, RS, RR, SP 10 estados não divulgaram dados novos: AC, AP, CE, GO, MG, PR, RJ, TO, SC, PE O levantamento é resultado de uma parceria do consórcio de veículos de imprensa, formado por g1, "O Globo", "Extra", "O Estado de S.Paulo", "Folha de S.Paulo" e UOL. Os dados de vacinação passaram a ser acompanhados a partir de 21 de janeiro. Total de vacinados, segundo os governos, e o percentual em relação à população do estado: Vacinação nos estados Arte/g1 Balanço de casos e de mortes nesta sexta-feira Mapa da vacinação contra a Covid-19 Média móvel de mortes no Brasil e nos estados Mortes e casos por cidade Consórcio O consórcio de veículos de imprensa foi formado em junho de 2020, em resposta a uma decisão do presidente Jair Bolsonaro de, na ocasião, restringir acesso a dados sobre a pandemia. Os boletins informam, atualmente, o número de pessoas mortas por coronavírus, a quantidade de contaminados e a média móvel, indicador segundo o qual é possível verificar em quais estados a pandemia do novo coronavírus está aumentando, diminuindo ou em estabilidade. Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto:
De acordo com a Polícia Rodoviária, o carro com cinco pessoas, entre elas, duas crianças, invadiu a pista contrária e bateu de frente com um caminhão. Vítimas tinham 52, 28 e 8 anos. Três pessoas morreram em um acidente na rodovia Francisco Alves Negrão, em Itapeva (SP), na noite de sábado (23). O acidente aconteceu próximo ao km 285. De acordo com a Polícia Rodoviária, um carro invadiu a pista contrária e bateu de frente com um caminhão. No carro estavam cinco pessoas. Uma mulher de 52 anos que estava sentada ao lado do motorista e outra, de 28 anos, que estava no banco de trás morreram no local. O motorista do carro, de 46 anos, e duas crianças, de 11 e 8 anos, foram socorridos pelo Samu de Itapeva em estado grave. O menino de 8 anos não resistiu aos ferimentos e morreu durante o socorro. Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária, o motorista do carro apresentou sinais de embriaguez. Um boletim de ocorrência foi registrado por embriaguez ao volante e o motorista preso em flagrante. O motorista do caminhão não se machucou. Veja mais notícias no g1 Itapetininga e Região VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM